Eventos em agosto com protagonismo feminino para ampliar o saber e construir mais igualdade

A agenda de eventos em agosto está repleta de movimentações sociais afirmativas e de inclusão importantes. Muitas ações coletivas passam pela disseminação de conhecimento, com profissionais experientes que se dispõem a auxiliar com conteúdo para quem busca melhoria profissional, preservação e ampliação de direitos, além da promoção de mais qualidade de vida para todos. Segue uma lista de oportunidades virtuais em aulas e debates gratuitos.

Sugestões de eventos em agosto do portal Firminas
Fundo foto criado por senivpetro – br.freepik.com” class=”rank-math-link”>Foto – Freepik

Oficina 3 – Lesbofobia e racismo: construindo redes de solidariedade

No Mês da Visibilidade Lésbica, há oito oficinas abertas de capacitação nas temáticas específicas para a cidadania de lésbicas. Como parte do programa de capacitação em cidadania LGBTI+ e direitos humanos, a Oficina 3, em 12 de agosto,  aborda  aspectos e questões específicos relacionados a interseccionalidade entre lesbofobia e racismo, a participação de mulheres lésbicas negras nos movimentos sociais, estratégias para o enfrentamento ao racismo e a lesbofobia.  Com a participação de: Patrícia Esteves, graduada em gestão pública, coordenadora da Aliança Nacional LGBTI+ e vice-presidente do Grupo Arco-Íris (facilitadora);  Lia Manso, integrante do Grupo Criola (Palestrante); Márcia Nobua – Graduanda em gestão pública , coordenadora da Aliança Nacional LGBTI+ na Baixada Fluminense, ativista preta sapatão, integrante da Unegro e do Grupo de Mulheres do Brasil (Palestrante); Camila Marins, jornalista, editora da Revista Brejeira, feminista negra sapatão (Palestrante); e Marta Almeida, coordenadora da Aliança Nacional LGBTI+ (Palestrante).

Oficina 3 Lesbofobia e racismo: construindo redes de solidariedade

Quinta-feira, 12/08/2021

Horário: 18 horas

Contato: [email protected] ou  pelo telefone 021 2215-0844 

Duração de até três 3 horas , das 18h às 21h.

A pessoa participante receberá um certificado de cada oficina de capacitação em cidadania LGBTI+ e direitos humanos.

Para se inscrever e participar:  https://www.sympla.com.br/oficina-03-lesbofobia-e-racismo—construindo-redes-de-solidariedade__1288073

Oficina de Filosofia: A mulher negra em questão – o pensamento de Lélia Gonzalez

A oficina “A mulher negra em questão: o pensamento de Lélia Gonzalez”, no sábado, 14 de agosto, com a professora Yoná Santos (Filosofia e mestre em Ciência Políticas pela USP), vai mostrar a importância da intelectual negra. Uma mulher que se propôs a pensar o racismo presente na sociedade brasileira e o papel que a mulher negra desempenha em nossa sociedade. A mineira Lélia Gonzales (1935-1994) teve uma rica produção, combateu e denunciou o mito da democracia racial, o racismo por denegação e o sexismo. Com grande história de articulação social,  foi uma das fundadoras do Movimento Negro Unificado contra Discriminação e o Racismo (MNUCDR), em 1978, atualmente Movimento Negro Unificado (MNU).  A transmissão é às 14 horas, no perfil do Facebook da Biblioteca Brito Broca.

Oficina de Filosofia: A mulher negra em questão- o pensamento de Lélia Gonzalez 

Sábado, 14/08/2021

16 horas

Para confirmar participação: https://www.facebook.com/events/557815935401435 

Para assistir ao vivo: https://www.facebook.com/bibliotecabritobroca/ 

Café virtual com RH – Universidade e espiritualidade: conexões possíveis 

Em 17 de agosto e 14 de setembro, Isabela Taveira e Suzana Canez realizam um encontro de acolhimento, conversa e prática meditativa. A proposta é de vivenciar e trocar experiências sobre como a meditação pode auxiliar no desenvolvimento e na saúde.

*Izabela Maria Rezende Taveira tem doutorado e mestrado em Psicologia Social Organizacional e do Trabalho pela UERJ e é pós graduada em gestão estratégica de pessoas pela Estácio de Sá. Graduada em psicologia pelo CESJF – Juiz de Fora . É professora adjunta DE e vice-coordenadora do curso de administração e do Instituto de ciências da Sociedade ICM UFF/Macaé. 

*Suzana Canez da Cruz Lima é professora do curso de Psicologia da Universidade Federal Fluminense do Polo Universitário de Rio das Ostras. Doutora em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações pela Universidade de Brasília (2011).

Café com RH – UFF Macaé Virtual – Espaço de acolhimento, conversa e prática meditativa 

17/08/2021 e 14/09/2021

17h às 18h30

Gratuito. Para se inscrever: http://www.extensao.uff.br/inscricao/?curso=4453 

O link para acesso a sala no zoom será enviado por email 48 horas antes do evento

 Contato: [email protected] 

Seminário violência de gênero e (trans)feminicidio: práticas de silenciamento e culpabilização

Nos dias 19, 20 e 21 de agosto,  três mesas redondas discutem a problemática e possíveis ações de combate à violência de gênero promovido pelo LIGEDDH – UPE/CNPq (laboratório interseccional de gênero, discurso e direitos humanos) e o Grupo Mulheres do Brasil (núcleo Recife/ comitê de combate a violência), que se uniram para debater questões referentes ao (trans) feminicídio e a cultura patriarcal que possibilita o aumento dos casos.

Programação: 

1ª Dia – 19. 08.2021 – 19 horas

Conferência de abertura com Soraia Mendes – Pós-Doutora em Teorias Jurídicas Contemporâneas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Doutora em Direito, Estado e Constituição pela Universidade de Brasília. Mestra em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Consultora da Comissão Nacional de Direitos Humanos e da Comissão Especial de Proteção dos Direitos dos Povos Indígenas, ambas do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Autora de obras de referência, tais como “Criminologia Feminista: novos paradigmas”, “Processo Penal Feminista” e “Pacote Anticrime: comentários críticos à Lei 13.964/2019”. 

2º Dia – 20.08.2021 – 9 horas da manhã – Mesa redonda: Violência de gênero e feminicídio 

Luciana Terra Villar – advogada especialista em Compliance Cultural e Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher, atua com mulheres vítimas de violência há oito anos e Advocacy em políticas públicas e corporativas. 

Olívia Leal David – assistente social – mestranda do programa de telessaúde da UERJ, trabalha com a temática de gênero no centro de referência em atendimento à mulher de Petrópolis e liderança nacional socioassistencial do projeto Justiceiras.

Elizabeth Scheibmayr – Bacharel em direito pelo UniFMU. Cofundadora da consultoria Uzoma Diversidade, Educação e Cultura, que tem como objetivo trabalhar a cultura organizacional sobre temas como inclusão e diversidade. Atua como voluntária no Grupo Mulheres do Brasil e líder do Comitê de Igualdade Racial e Combate à Violência contra a Mulher. 

Paula Torres – Advogada, cientista social, pós-graduanda em Segurança Pública e Policiamento Comunitário. Coordenadora do Programa Argos de Policiamento Comunitário, Liderança do Projeto Justiceiras, Comitê de Combate a Violência Contra a Mulher do Grupo Mulheres do Brasil – Núcleo Recife e componente da Comissão Especial de Segurança Pública da OAB/PE.

3º Dia – 21.08.2021 – 9 horas da manhã – Mesa Redonda: Violência de Gênero e (Trans) Feminicídio 

Letícia Nascimento – docente da Universidade Federal do Piauí/UFPI e ativista trans. Estudou no mestrado o tema “Descolonizando Sexualidade e Currículo na Escola”. Atualmente é doutoranda em Educação pela UFPI com orientação da Profa Drª Shara Jane Holanda Costa Adad. Nascimento está vinculada ao Núcleo de Estudo e Pesquisa em Educação, Gênero e Cidadania (NEPEGECI) e Rede Interdisciplinar de Mulheres Acadêmicas do Semiárido (RIMAS);

Heymilly Maynard – Mulher Transexual e Negra. Estudante e Educadora Social, trabalha na Glos- Gerência de Livre Orientação Sexual do Recife. Conselheira Fiscal da Rede Nacional de Pessoas Trans- Rede Trans Brasil. Filiada à Natrape- Nova Associação de Travestis e Transexuais de Pernambuco.

Seminário violência de gênero e (trans)feminicidio: práticas de silenciamento e culpabilização

19/08/2021 – 19 horas

20 e 21/08/2021 – 9 horas da manhã

Gratuito e inscrições: https://www.sympla.com.br/seminario-violencia-de-genero-e-trans-feminicidio-praticas-de-sileciamento-e-culpabilizacao__1299304 

Literalive: Os legados das Mulheres Bissexuais e Lésbicas e das Juventudes

Atentas às duas datas importantes no dia de agosto, 12 (Dia Internacional das Juventudes) e 29 (Dia da Visibilidade Lésbica e Bissexual,) o Ponto de Leitura Ana Fonseca promove uma discussão online, no Facebook, a partir das 15 horas. Os livros em destaque são: “Sobre-Viventes” –  de Cidinha da Silva, “Redemoinho em Dia Quente” –  de Jarid Arraes e “Entre Nós Mesmas: Poemas Reunidos” – de Audre Lorde. 

Um encontro virtual para debater questões sobre a vida e os direitos das juventudes e mulheres lésbicas e bissexuais, saber sobre autoras por meio das suas produções.

Literaturalive: os legados de mulheres bissexuais e lésbicas e das juventudes

29/08/2021 – Dia da visibilidade Lésbica e Bissexual

15 horas

Gratuito

Para assistir:  https://www.facebook.com/pontodeleituraanafonsecaplp

Mulheres na Produção – Edição produza como uma mulher

Evento online e gratuito, com o objetivo de conectar, qualificar e dar visibilidade para mulheres que são ou desejam ser produtoras de eventos. Uma programação com profissionais experientes que estão nos bastidores para oferecer as melhores experiências para os clientes e o público. Em quatro dias de muito conteúdo e oportunidade para criar conexões, em diversas funções como criação, planejamento, execução, atendimento em eventos dos mais diversos segmentos.

Programação:

Data: 31/08 das 19h às 21h30 – Painel 1: E agora Carnaval? – Mediadora: Juhlia Santos, Participantes: Gigi Favacho, Renata Chamilet e convidada Belotur

Data: 31/08 das 19h às 21h30 – Painel 2: Futuros Desejáveis: O que esperar daqui pra frente? – Mediadora: Erika Zille. Participantes: Ana Biavaschi, Isaura Paulino, Nanda Miranda. 

Data: 01/09 das 19h às 21h3 – Painel 3: Como produzir eventos gastronômicos com criatividade e segurança? – Mediadora: Sulamita Theodoro. Participantes: Ananda Fernandes e Danusa Carvalho.

Data: 02/09 das 19h às 21h30 – Painel 4: Conexão eventos & turismo – Elos Possíveis -Mediadora: Fernanda Batista.  Participantes: Ana Torres, Mauren Castro e Mayara Tavares 

Produza como uma mulher

30/08/ 2021 até 02/09/2021

19 horas

Evento online com transmissão no canal do youtube do Mulheres na Produção

Tagged: